Nathália Timberg – “Através da Iris”


Mais uma vez a maravilhosa Nathália Timberg, no Teatro Maison de France, apresenta o monólogo “Através da Iris”, contando a história de Iris Apfel, uma senhora fantástica nos seus 97 anos, renomada decoradora nova-iorquina que assinou projetos para celebridades, incluindo a decoração da Casa Branca nos mandatos de nove presidentes (Truman, Eisenhower, Nixon, Ford, Kennedy, Johnson, Carter, Reagan e Clinton).

Aos 84 anos o MET (Metropolitan Museum de Nova York) a homenageou com uma exposição de suas criações.
Iris é um ícone da moda e também uma empresária de prestígio. Seu estilo pop no mundo fashion é único. Ela é a favor da liberdade de expressão e de se vestir. A designer usa cores vivas, acessórios exuberantes, óculos redondos enormes e não teme julgamentos.

Iris Apfel diz que não vai se aposentar e acredita que esse é um dos segredos da felicidade: a vitalidade e a longevidade.

Nathália Timberg está em cena como Iris Apfel dando uma entrevista – ela abre sua casa e divide, com uma suposta equipe jornalística, suas ilustres histórias e opiniões sobre os mais variados assuntos, sem papas na língua.

Cacau Hygino, o autor do texto, afirma que uma das maiores surpresas que teve, ao escrever “Através da Iris”, foi encontrar nela uma segunda personagem. Não são apenas moda, estilo, frases ácidas e divertidas que permeiam seu universo. Cacau descobriu uma mulher de vida colorida – ela mesma fala que as cores ressuscitam os mortos. Ele garante: “pude encontrar uma Iris que serve de exemplo para aqueles que desistiram da vida…”

A diretora Maria Maya concebeu, em parceria com Cacau Hygino, o espetáculo como um documentário cênico. O cenário leva a assinatura de Ronald Teixeira e é uma grande caixa vazada por janelões, por onde vemos o interior da casa de Iris. Ao longo da ação, esta caixa vai sendo desmontada e vamos compreendendo que se trata de um estúdio de gravação. Os depoimentos da atriz no palco se misturam às suas aparições em vídeos projetados no cenário.

Iris Apfel afirma que: “Eu nunca tive mentores ou ícones nem nada, eu simplesmente fui indo. Você pode ser atraente em qualquer idade. Nada faz uma mulher parecer tão velha quanto tentar desesperadamente parecer jovem.”.

“Através da Iris”
Teatro Maison de France
Avenida Presidente Antônio Carlos, 58, Centro, Rio de Janeiro
Telefone (21)25442533
Qui, às 17h. Sex e sáb, às 19.30h. Dom, às18h.
R$80.00

Comente